ANEPC reforça medidas orientadoras para Bombeiros ao nível das práticas de redução de contaminação

No âmbito da infeção pelo novo Coronavírus (SARS-CoV-2) a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), com base nas orientações emanadas pela Direção Geral da Saúde (DGS), informa sobre um conjunto de medidas a desenvolver, de modo a prevenir a epidemia.

(DR) Sérgio Caetano

Importa salientar que, na prestação de cuidados de socorro e na emergência,o risco está sempre presente. É responsabilidade de todos tentar minimizar esse risco com pequenos gestos que diminuem a possibilidade de contágio, seja entre os bombeiros, seja com as famílias quando se chega a casa.


EM CASA:

  • Lave frequentemente as mãos com água e sabão durante pelo menos 20 segundos, secando bem as mesmas no final, ou, utilize uma solução antisséptica à base de álcool(SABA);

  • Pratique as medidas de etiqueta respiratória:deve tossir/espirrar cobrindo a boca ou nariz com o braço ou um lenço de papel, de seguida lave as mãos;

  • Efetue a limpeza/desinfeção de todas as superfícies de uso comum (maçanetas das portas, bancadas da cozinha, etc.) com frequência.


NO CORPO DE BOMBEIROS (CB):

  • Lave frequentemente as mãos, como explicado anteriormente;

  • Utilize medidas de etiqueta respiratória como explicado anteriormente;

  • Se possível, não deixe a roupa civil entrar em contacto com a farda;

  • Todas as superfícies de uso comum,devem ser frequentemente desinfetadas, com especial atenção: aos veículos, equipamentos de comunicação de uso comum, peças faciais dos aparelhos respiratórios (se forem de uso comum), locais de maior afluência de pessoal, teclados, maçanetas das portas, entre outros;

  • Manter os locais com boa ventilação, arejar frequentemente as salas e os veículos;

  • Manter uma distância interpessoal não inferior a um metro, sempre que for necessário reunir o pessoal de serviço, utilizar um local com o espaço necessário e bem ventilado;

  • Nos períodos de refeição, mantenha a distância recomendada;

  • Se possível, separe os vários elementos durante o período noturno de descanso, se existir uma camarata conjunta, deve deixar uma cama de intervalo entre cada elemento;

  • Lave as mãos antes de sair do CB e pegar na sua viatura, se utilizar transportes públicos mantenha as distâncias recomendadas;

  • Cumpra as medidas assinaladas no Plano de Contingência do seu CB.


De acordo com o espaço e com as condições em cada Corpo de Bombeiros, as medidas de distância interpessoal devem ser adaptadas para a realidade existente. Esta media simples é bastante eficaz. Lembre-se que um dos seus colegas, ou você, pode já estar positivo para o Covid-19 e não apresentar sinais ou sintomas.



ANTES DE ENTRAR EM CASA:

  • Antes do contacto com os seus familiares. O calçado do exterior não deve ser utilizado em casa. Ao entrar em casa, lave as mãos assim que possível, retire a roupa com o pressuposto que pode estar contaminada (deve ser devidamente condicionada e posteriormente lavada evitando a contaminação) e deve tomar banho, vestindo posteriormente roupa para uso exclusivo em casa;

  • O telemóvel ou outros equipamentos (computadores, tablet, etc.), devem ser limpos/desinfetados;

  • Lave as mãos sempre que tocar em objetos que vieram da rua.


Medidas gerais:

  • Em serviço operacional, execute as recomendações já emanadas em orientações anteriores;

  • Nas deslocações fora do serviço, de e para o corpo de bombeiros, ou para outros locais,cumpra as recomendações gerais, recorde-se que tem um especial dever de as cumprir, seja um exemplo para todos;

  • Mantenha-se atualizado, consulte uma ou duas vezes por dia as informações sobre a atual situação,procure apenas informação fidedigna, recorrendo a instituições oficiais (DGS, INEM, ANEPC), limite a sua exposição a informações que possam aumentar a sua ansiedade e preocupação;

  • Se desenvolver sintomas ou o seu estado de saúde agravar, ligue para a linhaSNS24 (808 24 24 24) ou, se o estado de gravidade assim o justificar, ligue112;

  • Se necessitar do apoio das Equipas de Apoio Psicossocial da ANEPC, contacte o seu Comandante, que irá desenvolver os procedimentos necessários ao apoio solicitado.


O risco vai sempre existir, somos Bombeiros e esta é a nossa missão. Estamos cá para proteger o cidadão como sempre o fizemos, para isso, temos de nos proteger, proteger os nossos e as nossas famílias. Todos somos agentes de saúde pública, tendo como mais uma missão,educar e guiar o público com factos verdadeiros e a calma necessária para ultrapassar esta situação.


A presente informação poderá sofrer alterações em função da evolução da situação, e não dispensa a leitura ou a consulta atenta das orientações emanadas pela DGS, entidade com a competência legal no assunto em apreço, cujas normas, planos ou orientações a diferentes níveis estão disponíveis em www.dgs.pt.


A ANEPC, em estreita ligação com a DGS, acompanha em permanência este assunto, sendo emitidas novas medidas orientadoras para os Corpos de Bombeiros caso se justifique.

43 visualizações

© 2020 Beira Alta TV | All Rights Reserved