Câmaras de Pinhel e de Gouveia deixam de publicar Relatório Diário da situação epidemiológica

O Município de Pinhel, explicou ao início da noite na rede social Facebook, que tendo em conta as diretrizes emanadas pelo Ministério da Saúde, se vê obrigado a deixar de publicar o relatório diário da situação epidemiológica referente ao concelho de Pinhel, a partir desta data. No comunicado refere ainda, que pese embora a vontade de manter informada a comunidade pinhelense quanto à evolução da COVID-19 no concelho, o respeito pelas normas emanadas pelo Governo assim obrigam, embora não concordando de todo com esta situação que, no entender do Município de Pinhel, em nada beneficia a população que tem o direito a estar informada. Também o Município de Gouveia, refere que " é do nosso entendimento que esta decisão prejudica o exercício das competências do Município de Gouveia, nomeadamente nos domínios da Saúde Pública e da Proteção Civil, mas também do Sr. Presidente da Câmara, enquanto Autoridade Máxima Municipal de Proteção Civil, por constituir um grave entrave ao planeamento e operacionalização das medidas municipais de contingência que tenham de vir a ser tomadas. Ao mesmo tempo, prejudica a relação de confiança, verdade e transparência que o Município de Gouveia tem procurado cultivar com os seus munícipes, sobretudo durante este período particularmente crítico, impedindo-o de informar as suas populações à cerca da real evolução da pandemia no concelho. "Isto significa que, a partir do dia de hoje, e até decisão contrária, o Município de Gouveia não poderá mais fazer a atualização diária da situação epidemiológica do concelho."

Até às 22:40, do dia 11 de abril, dos 13 concelhos que fazem parte da área de influência da Unidade Local de Saúde da Guarda, só o Município de Fornos de Algodres informou no relatório diário, que nestas últimas 24 horas foi dado como positivo um caso no concelho.

420 visualizações

© 2020 Beira Alta TV | All Rights Reserved