Castanheiros híbridos furtados em Trancoso, Câmara Municipal apresentou queixa à GNR


A Câmara Municipal de Trancoso apresentou queixa na Guarda Nacional Republicana, motivada pelo furto de três dezenas de castanheiros híbridos, do banco de germoplasma do souto experimental, sito na zona industrial, propriedade do Município de Trancoso.


Segundo o autarquia, a situação tem sido recorrente, colocando em causa o sucesso do projeto Trancastnut - parceria entre Município de Trancoso e Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro, que envolve mais de uma centena de produtores de castanha do concelho -, o que se traduz na perda de várias semanas de trabalho.


O Município de Trancoso apela a quem tiver qualquer informação útil, relativamente ao sucedido, que a faça chegar à Câmara Municipal, por forma a procurar evitar que situações como esta voltem a ocorrer.