Fornos de Algodres recebeu 135 mil euros do FSUE para financiar despesas com o combate à Covid-19



O Município de Fornos de Algodres recebeu do Fundo de Solidariedade da União Europeia – Emergência de Saúde Pública da doença COVID-19 (FSUE COVID-19), que tem como Autoridade de Gestão o POAT (Programa Operacional de Assistência Técnica), uma verba de 135 mil euros para fazer face às despesas do combate à pandemia da doença COVID -19.


Como resposta de emergência à crise sanitária que alastrou pela Europa, em março de 2020, a Comissão Europeia procedeu ao alargamento do Fundo de Solidariedade da União Europeia (FSUE), que passou, assim, a abranger grandes emergências de saúde pública.


Neste contexto, o Estado Português apresentou, à Comissão Europeia, um pedido de contribuição financeira do FSUE, na qual os Municipios Portugueses poderiam solicitar, até ao máximo de 150 mil euros, e no período temporal elegível de 14 de março de 2020 a 30 de setembro de 2020, despesas enquadráveis no combate à pandemia.


Com a abertura do aviso n.º FSUE-99-2021-01 no dia 16 de agosto de 2021, o Município de Fornos de Algodres apresentou a candidatura com o programa “Fornos – Por Todos Nós [COVID-19]”, que contemplou um conjunto de 22 medidas com vista a alcançar o objetivo essencial de assegurar o rendimento das famílias, os postos de trabalho do concelho e a igualdade nas condições de acesso ao ensino.