Março de 2022 é a data apontada para a abertura dos Passadiços do Mondego

O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Sérgio Costa, anunciou ontem, dia 8 de novembro, que os Passadiços do Mondego não vão ser inaugurados no Dia da Cidade, que se celebra no dia 27 deste mês. O autarca justificou que há atrasos de vária ordem na obra, que se iniciou vai para dois anos. O prazo da obra foi agora prorrogado para Março do próximo ano, mas nessa altura ainda sem as infra-estruturas complementares, como sanitários, parques de estacionamento e vias de acesso.


Sérgio Costa recorda que sempre colocou dúvidas que a obra seria inaugurada este mês e agora tem a informação oficial dos serviços técnicos da autarquia de que há vários troços que não estão feitos.


O investimento nos Passadiços do Mondego já vai em 3,6 milhões de euros, aos quais será acrescido 1 milhão para as infra-estruturas, o que dá um total de 4,6 milhões de euros, sem qualquer garantia de financiamento comunitário.


Sérgio Costa diz que o actual executivo já está a trabalhar no sentido de encontrar verbas para este projecto turístico. Refere ainda que os atrasos na obra são de vária ordem e que o período de pandemia não pode servir de desculpa para tudo.


Fonte: Rádio F