Massa de ar ártico fará descer a temperatura em Portugal a partir desta terça-feira



Está prevista, a partir desta terça-feira, uma descida das temperaturas em Portugal continental. Uma massa de ar ártico vai adiar a chegada do clima primaveril e baixar máximas e mínimas em quase todo o país.


De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o ar frio vindo do Atlântico Norte fará descer entre quatro a seis graus tanto as temperaturas máximas como mínimas, entre terça e sexta-feira. Os distritos mais frios serão Guarda, com -2ºC na madrugada de 2 de Abril, Bragança, com -1ºC e Vila Real com 1ºC de mínima. Lisboa e Porto chegam aos 7ºC e 5ºC, respectivamente.


Na terça-feira, o frio chega acompanhado de chuva em todas as regiões. Não há previsão de queda de neve, “à excepção dos pontos mais altos da Serra da Estrela, no dia 31”, explica Patrícia Gomes, meteorologista do IPMA.


O dia 1 de Abril deverá ser o mais frio da semana, mas prevê-se que seja também o dia de regresso do céu limpo. Depois, as temperaturas voltarão a subir e estabilizam na Península Ibérica. Lisboa chega aos 18ºC de máxima, Porto aos 16ºC e Guarda, por exemplo, aos 10ºC.

O Algarve é a região onde menos se notará a influência da massa de ar árctico. Arquipélagos dos Açores e Madeira não são afectados.


Quanto à chuva, esta vai manter-se até quinta-feira. Esta terça-feira, será o dia da semana com maiores índices de pluviosidade. Na quarta-feira, são esperados aguaceiros esporádicos, com maior incidência a norte do território continental. Quinta-feira será o último dia chuvoso, com a precipitação a afetar todo o país.


Os arquipélagos da Madeira e dos Açores não serão atingidos pela massa de ar polar. No Funchal, as temperaturas vão prosseguir o padrão dos últimos dias, entre os 14ºC e os 21ºC. Já em Ponta Delgada, as mínimas e máximas vão variar entre 11ºC e 19ºC.