Município de Figueira de Castelo Rodrigo entregou de livros de fichas aos alunos do 1.º e 2.º CEB

O ano letivo 2022/2023 no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo arrancou esta semana dentro da normalidade e com novidades. A Câmara Municipal continua a cooperar com o Agrupamento de Escolas e a apoiar os alunos e as suas famílias, nomeadamente com a entrega de todos os livros de fichas de atividades a todos os alunos do 1.º e 2.º CEB e com a abertura de uma sala sensorial, uma das poucas a nível nacional na rede pública escolar. O executivo municipal fez questão, também, de participar na cerimónia de receção aos professores e de estar presente na cerimónia de atribuição de diplomas do quadro de valor e de excelência aos estudantes, dando um sinal claro da importância do setor da educação para o Município.


Os livros de fichas de atividades foram distribuídos e entregues a todos os alunos gratuitamente, quer estivessem abrangidos pela ação social escolar ou não. Com esta oferta, as famílias do concelho de Figueira de Castelo Rodrigo recebem um apoio que retira esta carga financeira aos agregados familiares, com os estudantes a poderem aceder a estes recursos sem prejuízo da sua aprendizagem.


Quanto à sala sensorial, instalada pela autarquia, é possível aos alunos de todas as idades usufruírem, na Escola Secundária, de uma área equipada com materiais específicos, com o objetivo de estimular as diversas sensações, num espaço terapêutico que pretende diminuir os níveis de ansiedade e de tensão através da promoção do relaxamento, lazer e diversão, descobrindo e controlando o ambiente, incentivando ainda o movimento e a motivação para a aprendizagem.


Para Carlos Condesso, autarca Figueirense, “o início do ano letivo marca o retorno das nossas crianças e jovens à rotina escolar, e a autarquia está empenhada em criar mais e melhores condições de aprendizagem, a fim de os alunos atingirem com sucesso os seus objetivos”. A aposta na educação tem sido fundamental para o Presidente da Câmara, afirmando que “depois de recebermos as competências da área da educação, este executivo está empenhado em capacitar o Agrupamento de Escolas, dentro das possibilidades financeiras da autarquia, e criar as bases para que os nossos jovens possam ter todas as ferramentas para alcançar um futuro melhor na sua vida”.