PJ deteve homem em Manteigas por suspeita de crime de pornografia de menores


A Polícia Judiciária deteve um homem de 31 anos pelo alegado crime de pornografia de menores e apreendeu “mais de 10.000 ficheiros de vídeos e de fotografias de menores”, em Manteigas, no distrito da Guarda.


“A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem, com 31 anos de idade, fortemente indiciado pela prática, reiterada, pelo menos ao longo de vários meses, de múltiplos crimes de posse e partilha de ficheiros de vídeo e também fotográficos, contendo material pornográfico envolvendo menores de 14 anos de idade, alguns dos quais manifestamente com poucos anos de vida, muito abaixo desta mesma idade”, referiu a PJ em comunicado hoje enviado à agência Lusa.


De acordo com a PJ, os ficheiros e o material probatório foram apreendidos na sequência de uma busca domiciliária realizada na segunda-feira, na localidade de Manteigas, no distrito da Guarda, no âmbito de uma investigação criminal instaurada por alerta do Nacional Center for Missing & Exploited Children (NCMEC).


“Das várias diligências de investigação, entretanto já realizadas, foi possível apurar que o arguido acedeu a diversos sítios na internet, contendo pornografia de menores, importando os respetivos conteúdos, via ‘download’, alguns dos quais, seguidamente, também chegou a partilhar no espaço virtual, fazendo ‘uploads’ de imagens de cariz sexual com menores de muito tenra idade”, acrescentou a PJ.


O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou sujeito às medidas de coação de obrigação de permanência na habitação, “com sujeição a pulseira eletrónica e proibição de acesso à internet”.