Poeiras vindas do norte de África sobre Portugal continental até quinta-feira

Nuvens de poeira vinda do Norte de África vão atravessar os céus de Portugal continental e o resto da Península Ibérica até ao fim do dia de quinta-feira, anunciou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


Em Celorico da Beira como no resto do país, o céu permanece com uma cor alaranjada, de referir, que estas partículas de poeira, originam o fenómeno conhecido por “Chuva de Lama”, podem causar problemas respiratórias e/ou alergias, pelo que a Direção Geral de Saúde recomenda à população em geral e a grupos específicos, como crianças, idosos, doentes com problemas respiratórios crónicos e doentes do foro cardiovascular, que, pela sua maior vulnerabilidade aos efeitos deste fenómeno, permaneçam no interior dos edifícios com as janelas fechadas.


Em comunicado, o IPMA afirma que o rumo das poeiras se deve a "um fluxo de sul induzido pela depressão Célia" e aponta a "alteração da cor do céu" como o efeito mais visível.

Refere que "as poeiras estão normalmente acima da superfície" mas salienta que concentrações maiores poderão levá-las para níveis mais baixos da atmosfera, onde têm "implicações na qualidade do ar e possíveis impactos na saúde".


A concentração maior verifica-se agora nas regiões norte e centro do Continente, mas há poeiras a passar também sobre França e Argélia.