Rede Itinerante Cultural do Interior Entra em Cena com Workshops Criativos

Acaba de ser lançado um desafio a todos os que estejam interessados em explorar a criatividade e a veia artística nos 7 municípios que constituem a nova Rede Itinerante de Cultura do Interior, projeto que irá levar a vários espaços identitários e de forte componente patrimonial cultural e histórica, dezenas de espetáculos de dança, teatro de artes circenses.

Estão abertas as inscrições para a realização de workshops criativos a todos os que estejam interessados em experimentar novos ‘voos’ na área do teatro e outras artes. Basta enviar um email para o município onde pretende realizar o workshop. Estas ações irão acontecer nos municípios que compõem a Rede Interior – Arte e Cultura em Rede: Belmonte (de 16 a 20 de agosto), Covilhã (28 de junho a 2 de julho), Fornos de Algodres (26 a 30 de julho), Fundão (9 a 13 de agosto), Gouveia (5 a 9 de julho), Manteigas (12 a 17 de julho), Seia (19 a 23 de julho).

Os candidatos poderão descobrir um potencial artístico esquecido ou nunca antes explorado. Nestes workshops, os interessados terão a oportunidade de explorar e experimentar novas técnicas e formas de arte teatral e ainda ajudar na produção dos vários espetáculos da Rede Interior, coordenados pela companhia profissional da Covilhã – ASTA.

Será entre castelos, anfiteatros ao ar livre, jardins, escadarias, teatros, praças e largos em Belmonte, Covilhã, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia, Manteigas e Seia que várias estruturas artísticas, coordenadas pela companhia profissional da Covilhã – ASTA, juntamente com estes 7 municípios, levam a cena espetáculos de dança, teatro e artes circenses com entrada gratuita.

O primeiro espetáculo, “Cântico Negro”, acontece já a 1 de julho (quinta-feira) no mercado municipal da Covilhã pelas 21h30. Os restantes espetáculos decorem durante todo o mês de julho e agosto nos sete municípios da rede. 2 3

Sobre a Rede Interior

Esta “Rede Interior” tem como objetivo desenvolver uma programação artística e cultural integrada no território constituído pelos Municípios de Belmonte, Covilhã, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia, Manteigas, Seia, com o intuito de promover e valorizar o património histórico-cultural e sensibilizar a comunidade a participar ativamente na afirmação destes territórios.

Com a coordenação da ASTA – Teatro e Outras Artes, as comunidades locais são convidadas a participar nesta Rede Cultural do Interior. As apresentações de teatro, dança e circo contemporâneo terão lugar em dois dias consecutivos por forma a contribuir para a oferta, animação cultural da região, o aumento dos fluxos turísticos e, consequente, tempo de permanência de quem visita os territórios.

Os projetos artísticos vão ao encontro da identidade, a cultura e a história do território “Rede Interior”, demonstrando o que une e o que diferencia os 7 Municípios desta rede cultural. Ao longo de 18 meses, serão apresentados 14 espetáculos, itinerantes e propagadores da identidade, do património natural e cultural do território, catalisadores da participação da comunidade local.

O Projeto Rede Interior tem como entidade líder executora a ASTA – Teatro e Outras Artes, e como entidades parceiras não executoras, os Municípios de Belmonte, Covilhã, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia, Manteigas e Seia. Projeto cofinanciado pelo Centro2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.


4 visualizações