Segunda Unidade Móvel de rastreio à Covid-19 já está a funcionar na Guarda

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Egitanienses em parceria com a Unidade Local de Saúde da Guarda colocaram hoje a funcionar a segunda Unidade Móvel COVID -19 na área de abrangência da ULS da Guarda.

Foto: Facebook Bombeiros V. Guarda Ahbv Egitanienses

Segundo a ULS da Guarda, “este posto móvel irá deslocar-se aos locais onde for necessário proceder à realização de testes diagnósticos ao coronavírus. A viatura, devidamente identificada, poderá deslocar-se a lares, Instituições de pessoas com necessidades especiais ou ao domicílio de utentes com dificuldade de deslocação. Poderá também ter de se deslocar à residência de doentes COVID em isolamento domiciliário para confirmação de cura.”


A viatura deslocar-se-á às instituições de acordo com plano pré-estabelecido pela Unidade de Saúde Pública em articulação com a Comissão para a COVID – 19 da ULSG e os Bombeiros Voluntários da Guarda.


Recorde-se que a primeira unidade móvel de rastreio à Covid-19 começou a operacionalizar no passado dia 25 de março.


O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 38 mil. Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.


Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 160 mortes, mais 20 do que na véspera (+14,3%), e 7.443 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 1.035 em relação a segunda-feira (+16,1%).


Dos infetados, 627 estão internados, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.


Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00h00 de 19 de março e até às 23h59 de 02 de abril.

97 visualizações

© 2020 Beira Alta TV | All Rights Reserved