Violência doméstica continua a aumentar - Homem de 32 anos detido no concelho de Pinhel

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), ontem, dia 14 de março, deteve um homem com 32 anos, por violência doméstica, no concelho de Pinhel.

No âmbito de um processo de violência doméstica, os militares apuraram que o indivíduo é suspeito de ter praticado um crime de homicídio na forma tentada, tendo golpeado, com recurso a uma faca, o pescoço da sua ex-companheira, uma jovem de 21 anos, no seu local de trabalho. As diligências culminaram com o cumprimento de um mandado de detenção.


O suspeito ficou nas instalações da GNR e será presente, hoje, dia 15 de março, a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial da  Comarca de Pinhel, para aplicação de medidas de coação.


Também no dia 14 de março, o Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), deteve um homem com ­36 anos, por violência doméstica, no concelho de Torre de Moncorvo.


No âmbito de um processo de violência doméstica que decorreu durante três dias, a GNR apurou que o suspeito exercia violência física, psicológica e emocional sobre a vítima, sua ex-companheira de 33 anos, proferindo ainda ameaças de morte. Como resultado das diligências, a GNR, deu cumprimento a um mandado de detenção.


Após ter sido presente ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa ontem, dia 14 de março, ficou sujeito à medida de coação de controlo da localização por meios eletrónicos (pulseira eletrónica).

61 visualizações

© 2020 Beira Alta TV | All Rights Reserved